Avaliação bibliométrica individual: Internacionalização e perfis contextualizados nas Geociências [thesis]

Anderson de Santana
AGRADECIMENTOS Àquele que admirava antes de conhecer e que ao conhecer e conviver, transformou a admiração em amizade fraternal. Obrigado Rogério por sua paciência, respeito e conhecimentos compartilhados. A todos os amigos e Thalita pelo carinho, apoio, compreensão e diversão constantes. À Célia, minha amiga e companheira de Pós-Graduação. A luta diária e nossos esforços valeram a pena. Ao Prof. Marcos Egydio da Silva, diretor do Instituto de Geociências e constante apoiador deste trabalho e
more » ... deste trabalho e dos projetos para tornar nossa biblioteca um verdadeiro centro de apoio aos pesquisadores. Aos docentes entrevistados por apoiarem esta pesquisa e torná-la um rico objeto de estudo. Àquela que me deu a vida, minha mãe Conceição. Esteja onde estiver tudo isso só foi possível por seu carinho e apoio ao longo dessa vida em que tive a honra de ser cuidado por ti. E agradeço principalmente aos meus dois amores, Ana Lucia minha companheira para a vida e meu lindo, forte e apaixonado Gabriel. A vocês agradeço por me apoiarem e serem tudo o que mais desejei em minha vida. Amo vocês. Resultados: (1) A Análise Geral permitiu traçar o perfil da comunidade estudada, totalizando 88 docentes (Ativos, Sêniores e Aposentados em atividade) e gerar uma base de produção científica com mais de 10 mil documentos das mais diversas tipologias; para a (2) A Análise Amostral, considerou somente os docentes Ativos e sua produção em periódicos (domésticos e estrangeiros) e possibilitou a identificação de nove diferentes perfis de publicação, dos quais selecionou-se um docente por perfil; (3) As entrevistas com os docentes propiciaram o desenvolvimento dos relatórios/perfis bibliométricos de cada um. Observou-se que, dos nove docentes, apenas dois não tiveram evolução de sua produção rumo à internacionalização; em termos de visibilidade, constatou-se que a mediana do percentual de artigos publicados em periódicos indexados na WoS foi de 68,75%; quanto à colaboração internacional, a mediana foi de 56,10%; e a mediana de artigos publicados no 1º Quartil de periódicos do JCR foi de 41,18%. O método adaptado nesta pesquisa mostrou-se funcional e atento às melhores práticas de comunicação científica, apresentando-se como uma ferramenta promissora a ser utilizada em avaliações institucionais. Considerações Finais: O estudo constatou a aplicabilidade, reprodutibilidade e adaptabilidade do método analisado e concluiu que a utilização do método como um todo pode trazer benefícios, pelo fato de permitir uma análise detalhada da produção e impacto da pesquisa realizada, com o adicional de não o fazer de maneira estática, mas considerando aspectos contextuais, além de evoluções ao longo do tempo. Palavras-chave: Avaliação bibliométrica individual. Bibliometria. Nível Micro. Comunicação científica. Avaliação institucional. Internacionalização.
doi:10.11606/d.27.2018.tde-30112018-181842 fatcat:gr2zemnearhrnowxitgeiecnti