"Quanto mais santidade melhor": campanhas midiáticas de pureza sexual (1990-2010) | "The more Sanctity you have, the better": mediatic campaigns for sexual purity (1990-2010)

Karina Kosicki Bellotti
2019 Reflexão  
O objetivo deste artigo é discutir as linguagens midiáticas digitais usadas pela campanha de abstinência sexual "Eu Escolhi Esperar" nos anos 2010. Para tanto, o estudo relaciona a campanha a um painel histórico de atuação do cristianismo na promoção da castidade, na segunda metade do século XX, no Brasil pós-revolução sexual. Além disso, o artigo discorre sobre campanhas de pureza sexual norte-americanas nos anos 1990 e 2000, relacionando-as com as mensagens e as linguagens empregadas pelo "Eu
more » ... empregadas pelo "Eu Escolhi Esperar" no Brasil, a partir de 2011. Pergunta-se: Nos dias atuais, o que explica a existência e a popularidade de iniciativas que promovem a castidade e a pureza sexual? Como as linguagens digitais são usadas pela campanha "Eu Escolhi Esperar" no Brasil? De que maneira ela se compara com outras iniciativas já existentes no Brasil e nos Estados Unidos? Embora "Eu Escolhi Esperar" empregue os mesmos textos bíblicos e as mesmas lições de outras iniciativas, observa-se que a linguagem usada para engajar o público-alvo ajuda a explicar a atração exercida sobre a juventude brasileira.
doi:10.24220/2447-6803v44e2019a4504 fatcat:ik3ito3oqbdv5jiaw46jc5kv6y