Biobanco de Placenta em Centro Terciário de Atenção à Saúde da Mulher: necessidade em tempos de Zika vírus e fundamental para avanços científicos e pesquisa translacional

Rodolfo Rosa Japecanga, Maria Laura Costa do Nascimento, José Paulo S. Guida
2017 XXV Congresso de Iniciação Científica da Unicamp   unpublished
Resumo O armazenamento de tecido placentário, com coleta sistemática, poderá ampliar a possibilidade de pesquisa translacional na área. Uma complicação que tem chamado a atenção mundialmente é a epidemia por zika vírus (ZIKV) e associação com microcefalia e malformações fetais. Ainda não se sabe os mecanismos de transmissão transplacentária e a coleta destas placentas é uma necessidade, para colaborar com a investigação clínica e diagnóstico de casos suspeitos e também, para possibilitar
more » ... visando a compreensão da fisiopatologia da doença. Outra prioridade em obstetrícia, com papel central da placenta e etiologia ainda pouco esclarecida é a Préeclâmpsia, doença que acomete até 10% de todas as gestações, sendo uma das principais causas de morbidade e mortalidade materna no Brasil. Para possibilitar a investigação da fisiopatologia destas condições e futuramente de demais doenças, a criação de um biobanco de placenta no CAISM representa um passo importante. Placenta, Biobanco, Zikv, Pré-eclâmpsia. Palavras-chave:
doi:10.19146/pibic-2017-78785 fatcat:rncmgxyp6nhnjhgkin4hc2st7a