Exposição ao álcool na gestação e sintomas psiquiátricos na idade escolar [thesis]

Mateus Andrea Angelucci
A minha família querida, pelo Amor que tem por mim... Palavras seriam insuficientes para expressar meus sentimentos por meus pais e meus irmãos... Ao amigo Fábio pelo auxílio inestimável. Minha gratidão profunda... Ao professor Erikson Furtado pelas orientações seguras e estímulos constantes ao aprendizado e pesquisa. Aos integrantes do PAI-PAD (todos) que me orientaram e me ajudaram nos momentos difíceis, cada um a sua maneira e no momento certo. A Maria Silvia, médica exemplar, que muito
more » ... lar, que muito contribuiu para a minha formação profissional, pelos momentos de 'apoio e ventilação', pelos conselhos e pelas instruções sempre ponderadas. A Lucila, sempre muito solícita e eficiente, pela dedicação ao recrutamento das mães e a organização do banco de dados. Aos amigos da Clinica Religere e da Terra de Ismael, referências afetivas em minha vida. Aos Amigos Espirituais, sempre presentes, que me sustentaram nos momentos de cansaço e hesitação. EPÍGRAFE Veja na criança o futuro da Humanidade. Mantenha-se por isto, solidário aos trabalhos que procurem beneficiá-la. C. Torres Pastorino i RESUMO ANGELUCCI, M.A. Exposição ao álcool na gestação e sintomas psiquiátricos na idade escolar. 2010. 85f. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto -Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. A exposição da gestante a drogas de abuso tem sido motivo de preocupação mundial com relação à saúde do binômio mãe-filho. A exposição fetal ao álcool constitui-se em um dos principais fatores de risco para retardo mental, defeitos congênitos e desordens do desenvolvimento neuropsicomotor, sendo a Síndrome Fetal do Álcool e os Efeitos Fetais do Álcool um conjunto de complicações clínicas resultantes desta exposição. Vários autores encontraram associação entre exposição fetal ao álcool e sintomas psiquiátricos na infância. Este é um estudo transversal tendo como objetivo principal investigar as relações entre consumo de álcool na gestação e sintomas psiquiátricos em escolares. A amostra foi constituída de 59 pares mãe-filho. As mães responderam a um instrumento de avaliação psicopatológica na infância (CBCL), uma entrevista diagnóstica semi-estruturada (K-SADS-PL) e um questionário de dados sociodemográficos e dados sobre a saúde atual e pregressa da criança. Dados referentes ao consumo de álcool na gestação foram obtidos de um estudo pregresso com os mesmos indivíduos. Foram encontradas maiores prevalências de sintomas isolados do CBCL em filhos de mães com padrão de consumo semanal de álcool na gestação, mas não maior pontuação total ou de sintomas internalizáveis ou externalizáveis. Foi encontrada maior prevalência de diagnóstico psiquiátrico atual (K-SADS-PL) nos filhos de mães com padrão de consumo semanal de álcool na gestação. Ressalta-se que novos estudos são necessários para esclarecer como outros fatores -ambientais, genéticos e psicológicos -contribuem para a gênese da psicopatologia infantil. Além disso, este estudo reforça a importância da implementação de programas nacionais de prevenção de consumo de álcool por mulheres gestantes. Palavras-chave: Álcool. Gestação. Sintomas psiquiátricos. Idade escolar ii ABSTRACT ANGELUCCI, M.A. Prenatal alcohol exposure and psychiatric symptoms in school-age children. 2010. 85f. Dissertation (Master). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto -Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010. Prenatal exposure to drugs of abuse has been a concern worldwide regarding mother and child health. Prenatal alcohol exposure is one of the main risk factors for mental retardation, congenital defects and neurodevelopmental disorders, namely Fetal Alcohol Syndrome and Fetal Alcohol Effects. Many authors found associations between prenatal exposure to alcohol and psychiatric symptoms in childhood. This study has a cross-sectional design and is aimed to investigate the relationships between prenatal alcohol exposure and psychiatric symptoms in school-age children Fifty-nine mothers and their children were enrolled. The mothers answered to the Child Behaviour Checklist (CBCL), a semi-structured interview (K-SADS-PL) and a general social, demographic and health questionnaire. Prenatal alcohol consumption information was obtained from a previous study on the same individuals. We found a higher prevalence of isolated CBCL symptoms among children born from mothers with prenatal weekly alcohol consumption pattern. Additionally, we found a higher prevalence of psychiatric diagnoses (K-SADS-PL) among children born from mothers with prenatal weekly alcohol consumption pattern. Those results emphasize the need for new studies to clarify how environmental, genetical and psychological factos may contribute to the genesis of childhood psychopathology. Besides, this study reinforces the importance of developing a national alcohol prevention program for pregnant women.
doi:10.11606/d.60.2010.tde-27112013-111939 fatcat:33xmy3frufdytlq3ojzx5sme6i