A (im)possibilidade da "invisibilidade" do tradutor e da sua "fidelidade": por um diálogo entre a teoria e a prática de tradução

Ruth Bohunovsky
2001 Cadernos de Tradução  
UNICAMP O objetivo deste trabalho consiste em discutir, e comparar, abordagens recentes de alguns teóricos de tradução, e de tradutores, sobre dois conceitos ligados ao trabalho tradutório: a "fidelidade" entre o texto traduzido e o texto de partida e a "invisibilidade" à qual estaria sujeito -ou não -o tradutor. Apontarei para o fato de que, enquanto nos trabalhos teóricos de diferentes vertentes atuais as discussões acerca dos dois referidos conceitos se distanciam, claramente, de uma visão
more » ... nte, de uma visão tradicional, isto é, essencialista, os comentários de alguns tradutores reconhecidos evidenciam uma visão já considerada ultrapassada por parte dos teóricos a esse respeito. Tentarei argumentar, baseando-me sobretudo em textos de Rosemary Arrojo e em observações dos próprios tradutores, que, ao defender uma visão tradicional/essencialista relativa à "fidelidade" e à "invisibilidade", os tradutores trabalham contra seu próprio interesse declarado, ou seja, sair do "segundo plano" no qual se encontram no âmbito literário. Com tal argumentação, viso a propor um diálogo mais aprofundado entre a teoria e a prática, que, no meu entender, contribuiria para a valorização do trabalho tradutório. Nas últimas décadas, os estudos da tradução têm passado por várias mudanças de orientação. Sem dúvida, já se encerrou o boom
doaj:a2cb1a8fbaf145ed9381ad751b668bee fatcat:6imdysxrsfeifou3xkpsrydtb4