FLORESTA OMBRÓFILA DENSA DE SANTA CATARINA - BRASIL: AGRUPAMENTO E ORDENAÇÃO BASEADOS EM AMOSTRAGEM SISTEMÁTICA

Débora Vanessa Lingner, Lauri Amândio Schorn, Lucia Sevegnani, André Luís de Gasper, Leila Meyer, Alexander Christian Vibrans
2015 Ciência Florestal  
RESUMO O presente trabalho teve por objetivo caracterizar os remanescentes da Floresta Ombrófila Densa, no estado de Santa Catarina. O conjunto de dados utilizado neste estudo foi disponibilizado pelo projeto Inventário Florístico Florestal de Santa Catarina, sendo oriundo de 197 unidades amostrais do tipo conglomerado. Os conglomerados foram constituídos por quatro subunidades de 20 x 50 m, nas quais foram mensurados todos os indivíduos arbóreo-arbustivos com DAP ≥ 10 cm. A estrutura da
more » ... a foi caracterizada com o emprego de parâmetros e índices fitossociológicos. Com base na densidade das espécies, foram realizadas análises de agrupamento e ordenação na tentativa de identificar grupos de bacias hidrográficas e faixas de altitude. Foram encontradas 577 espécies, pertencentes a 226 gêneros e 83 famílias. As famílias mais representativas em número de espécies e indivíduos foram Myrtaceae, Lauraceae e Fabaceae. Espécies de áreas perturbadas como Alchornea triplinervia, Caseria sylvestris e Miconia cinnamomifolia estão dentre as que dominam a floresta. Por meio da análise de agrupamento, foi possível identificar três formações ao longo do gradiente altitudinal, aqui denominadas: Floresta Ombrófila Densa de Terras Baixas (< 30 m), Submontana (30 -500 m) e Montana (> 500 m). Variações florísticas e estruturais puderam ser detectadas entre as três formações. Em comunidades das terras baixas, a presença das famílias Anacardiaceae e Clusiaceae foi mais expressiva e a altura média das árvores foi superior. Nos ambientes montanos, observou-se um aumento no número de indivíduos, área basal e diversidade, além da maior representatividade das famílias Cyatheaceae, Lauraceae e Rubiaceae. A ocorrência de Arecaceae foi marcante nos patamares submontanos. Grupos espaciais não puderam ser seguramente definidos a partir de dados estruturais de bacias hidrográficas. ABSTRACT This study aimed to characterize the remnants of Ombrophilous Dense Forest in Santa Catarina state. The dataset used in this study was provided by Project of Floristic and Forest Inventory of Santa Catarina, coming from 197 sample units that consist of basic clusters. The basic cluster was composed of four
doi:10.5902/1980509820595 fatcat:yelfx6ohnzec7ieraa6mtriy6i