Em busca da forma-educação infantil

Viviane Drumond
2011 Pro-Posições  
da Educação Infantil e de crianças pequenas, convida-nos a refletir sobre a educação das crianças pequenas em espaços coletivos de Educação Infantil: as creches e as pré-escolas. A criança pequena, de zero a seis anos, é reconhecida pela legislação brasileira atual como sujeito de direitos. Seu direito à educação está constituído na primeira etapa da educação básica, a Educação Infantil, que permanece um campo de luta e resistência, na medida em que o protagonismo infantil se encontra sempre às
more » ... encontra sempre às voltas com possíveis imposições de práticas advindas do modelo escolar. O fato de preceder a escola de Ensino Fundamental não deve retirar da Educação Infantil aquilo que a singulariza. Não se deve admitir que o trabalho com crianças pequenas se constitua em meros degraus para etapas posteriores. O conteúdo abordado no livro refere-se à construção da Pedagogia da Educação Infantil e leva-nos a uma revisão da formação dos(as) docentes que atuam em creches e pré-escolas, reconhecendo que "educar as crianças pequenas não é apenas tomar conta: exige um/a profissional que não deve seguir o modelo escolar nem no conteúdo nem no espaço nem no tempo" (p. 15), como afirma a organizadora desta obra. Além disso, a legislação que trata da formação docente (diretrizes dos cursos de Pedagogia) exige estágio e formação certificada para a docência em instituições de Educação Infantil. A obra apresenta um belíssimo prefácio escrito pelo professor Marcos Cezar de Freitas, "O coletivo infantil: o sentido da forma", com a discussão inédita sobre a "forma-Educação Infantil", que traz uma contribuição ímpar para a Pedagogia *
doi:10.1590/s0103-73072011000300016 fatcat:yc2b2yypi5bhrgo74hnefxz634