Efeitos de diferentes épocas de indução floral no desenvolvimento de frutos de abacaxizeiro 'Pérola' no norte do Tocantins

Rafael Gomes da Mota Gonçalves, Aline Gomes de Paula Sousa, Tadeu Augusto van Tol de Castro, Ruy Borges da Silva, Miguel Camargo da Silva
2020 Nature and Conservation  
Diversos fatores podem interferir no ciclo da cultura do abacaxizeiro e na qualidade dos frutos produzidos, dentre esses os tratos culturais, principalmente no que se refere ao tratamento de indução floral. O período de colheita e a uniformização dos frutos podem ser regulados pelo uso de indutores florais. Dentro desse contexto, o trabalho teve como objetivo avaliar a influência da indução floral (IF) em diferentes dias após plantio (dap) sobre características de frutos de abacaxizeiro da
more » ... var Pérola cultivados no município de Araguatins-TO. O delineamento experimental foi em blocos casualizados. Os tratamentos consistiram de 4 épocas de IF (T1–305dap; T2–320dap; T3– 335dap; T4–350dap) e 5 repetições. Foram avaliados a duração das fases entre o plantio à colheita, o teor de Sólidos Solúveis Totais (SST), Acidez Total Titulável (ATT), relação SST/ATT, peso de fruto com e sem coroa, diâmetro do fruto e produtividade. A fase compreendida entre indução-florescimento oscilou de 41 a 43 dias e do florescimento-colheita de 100 a 104 dias. O ciclo total da cultura variou de 450 a 492 dias. O peso de fruto com e sem coroa não sofreu interferência dos tratamentos, variando respectivamente, de 1.388 a 1.552g, e de 1.381 a 1.489g. Quanto às características químicas dos frutos, apenas o SST sofreu influência dos diferentes tratamentos, sendo que o T4 permitiu o desenvolvimento de frutos com ºBrix mais elevado. A produtividade não foi influenciada pelos diferentes tratamentos e oscilou entre 39.413 e 44.794 kg.ha-1.
doi:10.6008/cbpc2318-2881.2020.004.0010 fatcat:fyd3c7shg5e4flwkegip3fbiy4