O POTENCIAL HEPATOPROTETOR DO GENGIBRE (Zingiber officinale): UMA REVISÃO SOBRE SEUS PRINCIPAIS MECANISMOS DE HEPATOPROTEÇÃO

Paulo Rogério Moreira da Silva, Milena De Cassia Alves Monteiro da Silva, Camila Macena De Oliveira Monteiro, Ennaly Monteiro de Farias, Maria Emília Da Silva Menezes
2018 Educação Ciência e Saúde  
Resumo O fígado é um órgão vital ao organismo por regular vários processos fisiológicos. Há uma longa tradição em tratar problemas hepáticos com ervas devido a suas propriedades antioxidantes. O Zingiber officinale, conhecido como gengibre, é uma dessas plantas. Visando compreender seus mecanismos hepatoprotetores, foi feita a presente revisão literária. Realizou-se a busca nas bases de dados SciELO, MEDLINE/Pubmed e LILACS, com os termos hepatoprotective e liver combinadas com ginger e
more » ... om ginger e Zingiber officinale, analisando-se 16 artigos dos anos 2012-2018. Os resultados mostram que grande parte dos mecanismos de hepatoproteção associamse à atividade antioxidante por regularem positivamente o fator de transcrição Nfr2 e aumentarem as glutationas hepática, S-transferases (GST), peroxidase (GPx) e catalase (CAT). Há prevenção de cânceres através da diminuição dos genes Caspase3, MK167 e C-fos, e de sua metástase pela inibição do TGF-β1. Há redução da expressão de PCNA, colágeno, colesterol e triglicerídeos (por inibição da superexpressão de ChREBP) e alívio da inflamação (por inibição de prostaglandinas, leucotrienos, TNF-α, IL-1β e COX-2, e supressão do NF-κB p65, do receptor TLR4 e da MAPK). Tais propriedades relacionam-se com os compostos gingeróis, shagaoles e gingeronas, fazendo do gengibre um produto promissor para a manutenção da integridade do fígado. Palavras-chave: gengibre, estresse oxidativo, fígado, expressão genética. Abstract Liver is a vital organ to the body by regulating various physiological processes. There is a long tradition of treating liver problems with herbs because of their antioxidant properties. Zingiber officinale, known as ginger, is one suchlike plant. In order to understand its hepatoprotective mechanisms, this literary revision was made. We searched the SciELO, MEDLINE/Pubmed and LILACS databases, with the terms hepatoprotective and liver combined with ginger and Zingiber officinale, analyzing 16 articles from years 2012-2018. The results show that most of the hepatoprotection mechanisms are associated with antioxidant activity by positively regulating EDUCAÇÃO CIÊNCIA E SAÚDE | http://dx.doi.org/10.20438/ecs.v5i2.149 Educ. Ci. e Saúde, v. 5, n. 2, p. 56-68, jul./dez., 2018 56 the transcription factor Nfr2 and increasing hepatic glutathione, S-transferases (GST), peroxidase (GPx) and catalase (CAT). There is cancer prevention through the decrease of Caspase3, MK167 and C-fos genes, and its metastasis by inhibition of TGF-β1. There is a reduction in expression of PCNA, collagen, cholesterol and triglycerides (due to inhibition of ChREBP overexpression) and inflammation alleviation (due to inhibition of prostaglandins, leukotrienes, TNF-α, IL-1β and COX-2, and suppression of NF-κB p65, TLR4 receptor and MAPK). These properties are related to compounds gingerols, shagaoles and zingerones, turning ginger into a promising product for the maintenance of liver integrity.
doi:10.20438/ecs.v5i2.149 fatcat:v27xl7pitzdrdkjqajcigbuwhe