Cinema e história: olhares sobre a imigração no Brasil - desconstruindo estereótipos

Sylvia Nemer
2016 Revista Maracanan  
Entre as décadas de 1970 e 2000, um conjunto de filmes brasileiros se voltou para a representação da figura do imigrante contrapondo-se às visões estereotipadas acerca da presença estrangeira no Brasil extensamente difundidas nos produtos culturais de consumo popular, como foi o caso do cinema entre as décadas de 1940 e 1950, quando as telas atuaram como repetidoras dos discursos hegemônicos, por via de regra, pautados no pressuposto da integração, adaptação e convivência harmoniosa entre
more » ... geiros e sociedade local. Essa visão "cordial" começa a ser problematizada a partir da afirmação de um novo cinema no Brasil; um cinema político, engajado, interessado em desconstruir mitos envolvendo processos históricos plurais como, por exemplo, a imigração, tema dos filmes analisados no presente texto. Palavras-chave: Experiências de imigração; Fronteiras; Deslocamentos; Representações de imigrantes pelo cinema; Relações entre cinema e história.
doi:10.12957/revmar.2016.20875 fatcat:zt7l6j5wvrguza2puznylrt4xu