SELEÇÃO E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE BACILLUS THURINGIENSIS BERLINER COM ATIVIDADE TÓXICA PARA TRICHOPLUSIA NI HUEBNER (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE)

E.D. Grecco, R.A. Polanczyk, D. Pratissoli
2010 Arquivos do Instituto Biológico  
RESUMO Trichoplusia ni é uma praga polífaga importante em plantios de crucíferas, soja e algodão. O presente estudo objetivou selecionar e caracterizar por método molecular isolados de Bacillus thuringiensis (Bt) com potencial para atuar com agentes de controle biológico de T. ni. Para os bioensaios de patogenicidade, uma alíquota com 3 x 108 esporos/mL de suspensão de Bt de cada isolado foi aplicada na superfície do disco de dieta artificial, previamente distribuída em placas de acrílico com
more » ... s de acrílico com 50 lagartas, distribuídas em 5 repetições. Nos bioensaios para a obtenção da CL50, apenas os isolados com 100% de mortalidade foram pré-selecionados, sendo testadas as seguintes concentrações: 102, 5 x 102, 103, 2 x 103, 4 x 103, 6 x 103, 8 x 103 esporos/mL, sendo os tratamentos compostos por 120 lagartas, distribuídas em 3 repetições. Foi feita caracterização molecular para detectar os genes cry1, cry2 e Vip para os isolados que obtiveram mortalidade acima de 95%. Os isolados HD-1 (Padrão), Bt-1043N-V, Bt-1034F, Bt-1009K, Bt-1000, Bt-969A causaram 100% de mortalidade nos testes de patogenicidade e CL50 de 1,17 x 103, 1,45 x 103, 1,46 x 103, 1,01 x 103, 9,43 x 102, 1,22 x 103, respectivamente. Não foram encontrados genes cry1, cry2 e Vip nos isolados testados, podendo outras toxinas Cry estar causando a mortalidade de T. ni, visto que os isolados testados são específicos para a ordem Lepidoptera. Estes isolados mostraram potencial para o controle de T. ni, sendo virulentos a este inseto, com potencial para serem utilizados em programa de manejo desta praga.
doi:10.1590/1808-1657v77p6852010 fatcat:se4de2wlkved3h62gtyux7lvnm