Barbárie da cultura e cultura da barbárie: breve estudo sobre a violência e o poder a partir da perspectiva de Walter Benjamin

João Luis Pereira Ourique
2015 Veredas da História  
O trabalho pretende discutir sobre a violência e o poder considerando os escritos de Walter Benjamin, em especial o ensaio de 1920, Zur Kritik der Gewalt (Para uma crítica da violência), ao abordar problemas que mantêm uma visão positiva da guerra e as suas consequências para a formação cultural. Conceitos como o direito natural e o direito positivo, presentes na reflexão benjaminiana, possibilitam um entendimento de que a violência é legitimada em sua contradição e sustentada em elementos históricos e psicológicos.
doi:10.9771/rvh.v8i2.48158 fatcat:35vnqqmfrzh2bkjg5ig267to7u