Carta ao leitor e ao Corpo Editorial

Mariângela Spotti Lopes Fujita
2013 Revista Ciência em Extensão  
A importância de um periódico se deve, entre outros aspectos quantitativos ou qualitativos, ao seu foco temático e à sua política editorial porque são determinantes da escolha do leitor em suas preferências e necessidades para o avanço em sua área de atuação acadêmica. Nesse sentido, um periódico de extensão universitária não é comum entre os demais periódicos; é mais especializado em seu foco e mais abrangente em sua política editorial tendo em vista as várias áreas temáticas da extensão
more » ... s da extensão universitária. Esta é, sem dúvida, uma tarefa que exige muito esforço e dedicação de um corpo editorial que precisa manter contato constante com seu público leitor para obter a sintonia em diversas áreas temáticas. Estas ponderações que inicialmente realizo se deve ao fato de estar nesta Pró-Reitoria de Extensão Universitária (PROEX) e ter o privilégio de cuidar junto com o Corpo Editorial da Revista Ciência e Extensão. Trata-se de um periódico eletrônico com trajetória de dez anos que sempre buscou a excelência como meta e que conta com a colaboração de equipe editorial, revisores e comissão científica composta de pesquisadores da UNESP e de várias outras instituições brasileiras e estrangeiras. Para além do fato de ter um compromisso de trabalho e dedicação à Revista Ciência e Extensão, seu Corpo Editorial tem metas de avanço rumo à excelência e ao reconhecimento do mérito que inclui a submissão ao corpo de periódicos da UNESP e depois ao Scielo. Nesse planejamento, a PROEX está comprometida e apóia integralmente as metas que visam à valorização da extensão mediante avaliação contínua, aprimoramento e reconhecimento de mérito. Mariângela Spotti Lopes Fujita Pró-Reitora de Extensão Universitária da UNESP
doaj:de81cbca75f148d09263d28ba19b57e1 fatcat:mi5qs5h6dvfwlo4quh7axejefm