Tanatologia: Abordagem histórico-filosófico da morte no contexto da medicina legal e do direito

Antonio Macena de Figueiredo
2020 Panorama brasileiro de tungstênio (w) entre os anos de 2008 e 2014  
A Tanatologia forense integra um dos ramos da Medicina Legal relacionada aos aspectos científicos com a morte, seus sinais e sua natureza. Não obstante a morte ser fenômeno natural têm implicações na esfera jurídica e social, porém, sempre foi um enigma na cultura ocidental. O objetivo é discutir a temática tanatologia sob três pontos de reflexão: recorte a partir da perspectiva dos filósofos da Antiguidade que mais trabalharam esse tema, a visão da morte no ocidente narrado pelo historiador
more » ... pelo historiador francês Philippe Ariés e como a Medicina Legal e o Direito tem trabalhado esse tema na prática profissional. Trata-se de estudo de revisão da literatura especializada. Sendo demonstrado como Tanatologia Médico- Legal e do Direito contribuírem para essas reflexões, bem com na definição e conceito de morte, porém, foram os filósofos a partir Platão (428-347 a. C.) e historiadores que esse tema tem sido abordado sob vários aspectos. Conclui-se que a forma de como lidar com esse tema vem se transformando ao longo do tempo. Hoje, o fenômeno morte encontra-se medicalizado, hospitalizado, distanciado da família, da sociedade e até da formação acadêmica. Apesar da Medicina Legal e o Direito serem disciplinas intrinsicamente associadas, o tema ainda está distante tanto do ensino quanto da prática profissional. Evidência que demonstra a necessidade de se rediscutir a temática na formação dos profissionais da medicina e do Direito.
doi:10.32749/nucleodoconhecimento.com.br/lei/medicina-legal fatcat:5uqargqhzff6vlxamvac4gqoyy