Acerca do colonialismo cultural implícito na circulação da Literatura Infantil e Juvenil na América Latina

Graciela Bialet, Bruna Maria Silva Silvério
2020 Sede de Ler  
Para dar conta do processo de formação leitora, permito-me remontar minha própria experiência, porque é a vida em movimento que consegue dar conta das palavras que a constituem. Trato de pensar em como e quando me fascinei pela leitura e, antes de algum título clássico da literatura, o que vêm a minha mente são as ocasiões e circunstâncias em que ambos, os textos e a criança que fui, nos encontramos e nos apaixonamos.
doaj:1f9fca5ed80045dda2bb382a28117365 fatcat:4noq4sih2jgxdnjfc65ibjp6me