Movimento LGBT e partidos políticos no Brasil

Gustavo Gomes da Costa Santos
2016 Contemporânea - revista de sociologia da UFSCar  
Resumo: O presente texto busca analisar as relações e tensões entre o movimento LGBT e os partidos políticos no Brasil pós-redemocratização. O texto está organizado em três partes. Na primeira parte, explorar-se-á as relações e tensões entre ativistas homossexuais e os partidos políticos de esquerda desde a emergência do movimento político de homossexuais no contexto da redemocratização política até a eleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
more » ... (2007)(2008)(2009)(2010)(2011). Na segunda parte, apresentar-se-á uma radiografia dos partidos políticos brasileiros contemporâneos a luz de seus posicionamentos em relação à questão da livre orientação sexual/identidade de gênero. Na terceira parte do texto, analisar-se-á os posicionamentos dos partidos políticos no Congresso Nacional desde a década de 1980 no que diz respeito às propostas de lei garantindo direitos à população LGBT. Os dados analisados visam subsidiar a reflexão acerca de como a temática dos direitos LGBT tem sido (ou não) contemplada pelas organizações partidárias e por seus membros no Congresso Nacional e quais são os limites e possibilidades da defesa dos direitos sexuais de LGBT no contexto da política institucional brasileira. Palavras-chave: Movimento LGBT; partidos políticos; LGBT; setoriais LGBT; orientação sexual; projeto de lei pró-LGBT. LGBT Movement and political parties in Brazil Abstract: The present article aims to analyse the relationships and tensions between LGBT movement and political parties in post-redemocratisation Brazil. The text is organised in three parts. In the first part, I explore the relationships and tensions between lesbian and gay activists and leftist political parties, since the emergence 180 Movimento LGBT e partidos políticos no Brasil of lesbian and gay political movement until the election of former president Luis Luis Inácio Lula da Silva (2003Silva ( -2011. In the second part, I present a radiography of Brazilian Contemporary political parties according to their positions related to the issue of free sexual orientation/gender identity. In the third part, I analyse the position of political parties in National Congress since the 1980s regarding bills that would guarantee rights to the LGBT population. The analysed data will shed light on the debate of whether (or not) partisan organisation and their members in Nation Congress address LGBT rights. The data will also support the understating of the limits and possibilities for advocating LGBT sexual rights in the context of Brazilian institutional politics.
doi:10.4322/2316-1329.005 fatcat:6orkhqfh3feavmmnrj2wktf2gq