A exposição ao chumbo como fator de risco para alterações no desenvolvimento da linguagem

Mariana San Jorge, Luciana Maximiliano de Vitto, Dionísia Aparecida Cusin Lamônica, Simone Rocha de Vasconcellos Hage
2008 Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia  
OBJETIVO: Verificar a ocorrência de alterações no desenvolvimento, em particular, o desenvolvimento da linguagem, em crianças com histórico de exposição ao metal chumbo, e a existência ou não de correlação entre índice de contaminação e desenvolvimento de linguagem. MÉTODOS: Cinqüenta e oito crianças entre 12 e 36 meses foram submetidas à triagem fonoaudiológica; destas, 15 compareceram para avaliação específica por meio da Escala de Desenvolvimento Comportamental de Gesell e Amatruda por terem
more » ... Amatruda por terem falhado na triagem. A correlação entre índice de chumbo e o grau de defasagem na linguagem foi verificada. RESULTADOS: Seis crianças apresentaram defasagem na área da linguagem da Escala, sendo que, uma delas apresentou defasagem em todos os campos. CONCLUSÃO: Não foi encontrada correlação negativa significante entre a concentração de chumbo e o grau de defasagem no desenvolvimento de linguagem dos indivíduos participantes, entretanto, o estudo sugere que a contaminação pelo chumbo tornou-se fator de risco para alterações no desenvolvimento da linguagem destas crianças. Dessa forma, mais estudos são necessários para verificar o grau de prejuízo que este metal pode ocasionar às pessoas, principalmente quando estão em desenvolvimento.
doi:10.1590/s1516-80342008000200010 fatcat:oxmsrocmj5cz7lcvvtdcgsfpzq