A formação profissional de terapeutas ocupacionais e o curso de graduação da Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia

Paula Giovana Furlan, Ioneide de Oliveira Campos, Kátia Vanessa Pinto de Meneses, Hellayne Meneses Ribeiro, Lorrayne Marjory Menezes Rodrigues
2014 Cadernos de Terapia Ocupacional  
Resumo: A formação em saúde vem sendo debatida no campo educacional, orientando mudanças curriculares dos cursos de graduação de acordo com as políticas públicas atuais, principalmente o Sistema Único de Saúde e as novas diretrizes curriculares. Almeja-se a capacitação profissional com base na busca ativa do conhecimento e na garantia da integralidade e humanização da atenção à saúde. Nessa perspectiva, este artigo apresenta uma revisão bibliográfica sobre as produções científicas relacionadas
more » ... ficas relacionadas à formação em saúde, especificamente a formação do terapeuta ocupacional, e verifica de que forma o projeto político pedagógico do Curso de Graduação em Terapia Ocupacional da Universidade de Brasília -Faculdade de Ceilândia (UnB-FCE) contempla e prioriza uma formação orientada pelas tendências atuais. Foram encontrados 14 artigos científicos que apontaram para a reformulação dos currículos de cursos de graduação, favorecendo a interdisciplinaridade e atividades práticas em equipamentos sociais. A prática docente e postura discente interferem no processo educacional, havendo o desafio do desenvolvimento de habilidades comunicativas, afetivas e relacionais em contraponto ao modelo pedagógico bancário. O Curso de Terapia Ocupacional da UnB-FCE é recente e visa à formação de acordo com o novo modelo proposto. Organiza-se em relação aos campos de atuação profissional, à funcionalidade humana e prioriza o desenvolvimento local comunitário através das atividades de ensino, pesquisa e extensão com articulação dos serviços de saúde do Distrito Federal. Palavras-chave: Terapia Ocupacional, Ensino, Ocupações em Saúde/Educação. Abstract: Health training has been discussed in the educational field, guiding curriculum changes for undergraduate courses according to the current public policies, mainly the National Health System and the new Curriculum Guidelines. Professional formation based on the active pursuit of knowledge, ensuring integrality and humanization of health care, is objectified. In this perspective, this article presents a literature review on the scientific production related to health training, specifically the training of occupational therapists, and examines how the political pedagogical project of the occupational therapy undergraduate course of the University of Brasília -Ceilândia College (UnB-FCE) contemplates and prioritizes vocational training guided by current trends. We found 14 scientific articles addressing the reformulation of the curricula of undergraduate courses, favoring interdisciplinarity and practical activities in social infrastructure. The teaching practice and the student body posture interfere in the educational process, with the challenge of developing communicative, affective and relational skills in contrast with the current teaching model. The undergraduate program in occupational therapy of UnB-FCE is recent, and it aims at vocational training under the new proposed model. It is organized in relation to the fields of professional practice and human functionality, and it prioritizes the local community development through teaching, research, and extension projects associated with the health services of the Federal District.
doi:10.4322/cto.2014.012 fatcat:ebcjpe3iivgzhjkvry7jdm4mgy