Relação entre vitamina D e cálcio no desenvolvimento do Diabetes Mellitus tipo 1 e 2 - Uma revisão de literatura

Paula Oliveira Dazini, Carla Márcia Moreira Lanna, Ana Paula Boroni Moreira
2018 HU Revista  
A prevalência de obesidade, associada a hábitos alimentares inadequados e sedentarismo tem aumentado a ocorrência Diabetes Mellitus, tornando-se um problema de saúde pública. Perspectivas imediatas na mudança do ambiente para reverter o aumento dos níveis de obesidade não são promissores, e existe uma necessidade de considerar outras opções para prevenir o diabetes. Tem sido apontada uma associação inversa entre os baixos níveis da vitamina D e cálcio com a incidencia do Diabetes Mellitus.
more » ... etes Mellitus. Desse modo, a vitamina D e o cálcio têm sido propostos como um possível agente terapêutico para a prevenção e tratamento da doença. O objetivo do estudo foi realizar uma revisão de literatura sobre a influência da vitamina D e do cálcio na fisiopatologia do diabetes mellitus, assim como no controle glicêmico. Estudos têm mostrado que a vitamina D em conjunto com o cálcio são capazes de reduzirem o risco do desenvolvimento do diabetes mellitus tipo 2, enquanto que a insuficiência de vitamina D e de cálcio pode influenciar negativamente a glicemia. Além disso, nível plasmático de 25(OH)D, tem sido correlacionado com o diagnóstico de Diabetes Mellitus tipo 1. Evidências recentes demonstram que a concentração sérica de vitamina D e do cálcio podem estar relacionados ao diabetes. Entretanto, estudos prospectivos e de intervenção em humanos que comprovem a efetividade de ambos, tanto na prevenção como no tratamento dessa doença, ainda são necessários.
doi:10.34019/1982-8047.2017.v43.2663 fatcat:e6dbfjlz6vhwtpid5voqbwtt44