Interculturalidade e o ensino de alemão como língua estrangeira

Henrique Evaldo Janzen
2002 Educar em Revista  
Este trabalho apresenta, a partir da concepção de linguagem bakthiniana e dos pressupostos da interculturalidade, uma crítica à ausência da mediação cultural/pedagógica em tópicos de unidades temáticas de livros elaborados dentro da abordagem comunicativa; focalizando, primordialmente, o texto ficcional.
doi:10.1590/0104-4060.269 fatcat:to4pa2u4nvhx5fqu5nwejbf43e