Miastenia grave familiar: relato de caso em gêmeas idênticas

Elza Dias-Tosta, Maria de Fátima Machado Aguiar, Hamilton Barbosa, Suzete Silva Leme Vilela
1989 Arquivos de Neuro-Psiquiatria  
Trata-se do sétimo relato da literatura mundial de casos de miastenia gravis em gêmeos homozigóticos em que ambos são acometidos. O homozigotismo foi provado com certeza por estudo de HLA e a forma adquirida da doença foi provada por determinação de níveis elevados de anticorpos anti-receptor de acetilcolina, havendo também níveis elevados de anticorpos antimúsculo estriado, sem outras evidências de timoma.
doi:10.1590/s0004-282x1989000200019 pmid:2688610 fatcat:rpawjlsogvbejex54iaiykxssm