Brasil

Adilson Marques Gennari
2020 Revista Fim do Mundo  
Nas primeiras décadas do século XXI o capital encontra-se no meio de um ciclo longo de Kondratiev. Entretanto, este ciclo tem peculiaridades que o diferencia dos anteriores: a) é a primeira vez que o capital encontra-se em crise estrutural, b) a classe dominante global não apresenta alternativa senão aprofundar o atual modelo neoliberal em crise, c) a quarta revolução industrial em curso, assim como as anteriores terá forte impacto na mudança tanto das forças produtivas quanto das relações
more » ... o das relações sociais de produção com substancial alteração no mundo do trabalho, mas desta vez com um componente de ruptura que coloca o capitalismo em seus limites estruturais; d) as políticas sociais de combate a pobreza e à desigualdade social, que existem desde o século XVIII aparecem agora como elemento fundamental para a existência tanto da sociedade em crise, quanto da capacidade de sobrevivência de milhões de indivíduos ao redor do mundo. Isto implica em mudanças estruturais nas relações de produção e nas relações sociais para além do paradigma da modernidade em crise. No Brasil de hoje, após os desdobramentos do golpe de 2016 que depôs a Presidente Dilma Rousseff e após quase dois anos da política econômica e social do Governo de Bolsonaro-Guedes, o Brasil se vê numa situação de piora brutal nos indicadores socioeconômicos.
doi:10.36311/2675-3871.2020.v1n03.p18-49 fatcat:wq5jkoj4jvdglgstxnwkwhyimi