GERMINAÇÃO E MORFOLOGIA DE SEMENTES E PLÂNTULAS DE Albizia edwallii (Hoehne) Barneby & J. W. Grimes

MANOELA MENDES DUARTE, JAÇANAN ELOÍSA DE FREITAS MILANI, CHRISTOPHER THOMAS BLUM, ANTONIO CARLOS NOGUEIRA
2015 Revista Caatinga  
RESUMO: O presente trabalho teve como objetivo caracterizar a morfologia de sementes e plântulas e avaliar a germinação de sementes de Albizia edwallii submetidas a diferentes substratos e temperaturas. Na caracterização física foram avaliados o peso de mil sementes, número de sementes por quilo e grau de umidade. Para a determinação das características morfológicas foi avaliada a biometria de 50 sementes, bem como as suas características internas e externas. A germinação foi conduzida sob três
more » ... conduzida sob três temperaturas (20 °C, 25 °C e 30 °C) e três substratos (areia, vermiculita e papel mata-borrão), com cinco repetições de 40 sementes por tratamento, em esquema fatorial 3 x 3 e delineamento inteiramente casualizado. As variáveis avaliadas foram porcentagem de germinação, índice de velocidade de germinação, tempo médio de germinação e índice de sincronização. O peso de mil sementes foi de 47,7 g, enquanto que o número de sementes por quilo foi de 20.964 para o grau de umidade de 13,1%. As sementes possuem forma elíptica, não apresentam endosperma e possuem funículo persistente. A germinação é epígea e a plântula é fanerocotiledonar, estando completamente formada aos 15 dias. As temperaturas de 20 °C e 25 °C propiciaram os maiores percentuais de germinação, quais sejam, 42 e 38%, respectivamente, e índice de velocidade de germinação (IVG). A utilização de areia como substrato proporcionou percentuais de germinação superiores aos demais substratos avaliados. Assim, recomenda-se a utilização de areia como substrato e as temperaturas de 20 °C e 25 °C para os testes de germinação de A. edwalli.
doi:10.1590/1983-21252015v28n319rc fatcat:3sgkdq7iiffzblegpppzrn333y