A alternância parte-todo com verbos transitivos no PB: um caso de fatoração de argumento

Letícia Lucinda Meirelles, Márcia Cançado
2020 DELTA: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada  
RESUMO Neste artigo, analisamos uma alternância que ocorre com uma série de verbos do português brasileiro. Ela nos permite expressar o constituinte complexo, que originalmente ocupa a posição de objeto direto, em duas posições sintáticas distintas, como ocorre no par de sentenças: o cachorro mordeu a perna da menina/o cachorro mordeu a menina na perna. Propomos que esse fenômeno decorre da fatoração do argumento verbal, sendo determinado por restrições semânticas, nominais e verbais, assim como por restrições de nível pragmático.
doi:10.1590/1678-460x2020360103 fatcat:i6vs5bpk3vgftb2iguurdncyxu