Efeito do sistema de produção de leite sobre a estabilidade enzoótica para Anaplasma marginale e Babesia bovis em bezerras na região do Campo das Vertentes de Minas Gerais, Brasil

Andre Henrique O Carvalho, Fidelis Antonio Silva Junior, Debora Oliveira Daher, Christiane Maria B M Rocha, Antonio Marcos Guimaraes
2012 Semina: Ciências Agrárias  
Resumo Foi realizado um estudo observacional do tipo transversal, com o objetivo de determinar a frequência de anticorpos anti-A. marginale e B. bovis em 337 bezerras com idade entre quatro a 12 meses, oriundas de dez propriedades produtoras de leite B e igual número de fazendas de leite cru refrigerado (leite C), na região do Campo das Vertentes de Minas Gerais, no período de setembro de 2008 a agosto de 2009. Foram realizados esfregaços sanguíneos, sorologia por meio da reação de
more » ... ção de imunofluorescência indireta (RIFI), determinado o volume globular e riquetsemia, e os escores clínicos das bezerras infectadas por A. marginale. Nas propriedades de leite B (LB), a frequência média global de bezerras soropositivas para A. marginale e B. bovis foi de 94,47% (166/176) e 89,20% (157/176), respectivamente. Nas fazendas de leite cru refrigerado (LCR), a frequência média global de bezerras soropositivas para A. marginale foi de 92,59% (149/161) e para B. bovis de 86,30% (139/161), não havendo diferença (p > 0,05) na frequência de animais infectados para ambos hemoparasitos entre os dois sistemas de produção de leite. Entretanto, houve diferença (p < 0,05) nos níveis de riquetsemia entre as bezerras provenientes de propriedades com diferentes tipos de produção leiteira, onde os animais de fazendas de LB tiveram uma maior porcentagem de hemácias infectadas por A. marginale. Neste estudo, houve um predomínio de bezerras com escore clínico 1 (infecção subclínica por A. marginale), com a frequência média global igual (p > 0,05) entre os animais de propriedades de LB e LCR. Os resultados deste estudo indicam que, na região do Campo das Vertentes de Minas Gerais, o sistema de produção não interfere na estabilidade enzoótica para A. marginale e B. bovis em bezerras provenientes de fazendas produtoras de Leite B ou leite cru refrigerado, com baixo risco de ocorrência de anaplasmose e/ou babesiose em animais adultos. Palavras-chave: Babesiose, anaplasmose, bovinos leiteiros, reação de imunofluorescência indireta (RIFI), tristeza parasitária bovina Abstract We conducted a cross-sectional observational study, in order to determine the frequency of anti-A. marginale and anti-B. bovis antibodies in calves from four to 12 months of age from ten farms that 1 Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, Universidade Federal de Lavras, UFLA. MG.
doi:10.5433/1679-0359.2012v33n1p323 fatcat:cclpmlric5e4pbuxrxp3vok37a