O RINOCERONTE DE DÜRER

Davi Augusto Santana de Lelis
2017 Revista Brasileira de Sociologia do Direito  
Realiza-se uma reconstrução da história da filosofia, utilizando-se a alegoria do rinoceronte de Dürer para identificar como se estrutura o sistema jurídico. Identifica-se que o Direito ainda se fundamenta em uma lógica epistemológica que busca a representação da realidade por meio da categorização dos institutos e indivíduos em normas. Como proposta, apresenta-se uma alternativa filosófica para o pensamento jurídico: a ética da alteridade. Analisa-se, também, alguns exemplos atuais de categorização do direito.
doi:10.21910/rbsd.v4n1.2017.115 fatcat:zsegzrwbhvcnfmytdkow6qjgxa