Análise de barreiras ao uso da estatística: survey com indústrias de transformação do Sul e Sudeste do Brasil

LETÍCIA SAGGIORATTO, ADRIANA BARBOSA SANTOS
2018 unpublished
Este artigo apresenta resultados de um survey exploratório-descritivo, realizado com intuito de melhorar a compreensão sobre certas barreiras ao uso da estatística como prática da gestão da qualidade no âmbito organizacional, as quais foram identificadas com base na literatura por estarem presentes nos diferentes níveis organizacionais. Apesar do uso da estatística na melhoria da qualidade ter uma história de sucesso há décadas, são escassos os trabalhos que analisam as barreiras estratégicas,
more » ... iras estratégicas, táticas e operacionais a partir de estudos empíricos com empresas do Brasil. Mais especificamente, esta pesquisa enfoca o entendimento sobre os princípios do pensamento estatístico, o uso efetivo de ferramentas e técnicas estatísticas com vistas à melhoria da qualidade e a avaliação das referidas barreiras existentes nos diferentes níveis. Indústrias de transformação do Sul e Sudeste do Brasil compuseram a amostra de estudo. Os resultados revelam que há uma expressiva proporção de concordância com os princípios do pensamento estatístico; que a falta de suporte da alta administração é um entrave significante para o uso da estatística; que há um bom grau de conhecimento sobre ferramentas e técnicas estatísticas em nível gerencial, por outro lado, há deficiências substanciais de capacitação em tais ferramentas e técnicas entre os funcionários de nível operacional. Palavras-chave: Pensamento estatístico, Barreiras operacionais, Barreiras estratégicas, Ferramentas estatísticas, melhoria da qualidade XXXVIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO "A Engenharia de Produção e suas contribuições para o desenvolvimento do Brasil" Maceió, Alagoas, Brasil, 16 a 19 de outubro de 2018.
doi:10.14488/enegep2018_tn_sto_259_487_35397 fatcat:c64xtze63rhw7pkl6yzlz6u35q