REDES DE INTERAÇÕES TRANSFRONTEIRIÇAS COTIDIANAS NA ZONA DE FRONTEIRA BRASILEIRO-PARAGUAIA FORMADA POR GUAÍRA (PARANÁ) E SALTO DEL GUAIRÁ (DEPARTAMENTO DE CANINDEYU)

Ana Paula Azevedo da Rocha, Maristela Ferrari
2021 Geo UERJ  
Guaíra (Paraná) e Salto Del Guairá (Canindeyu) formam um conjunto de cidades pares da zona de fronteira brasileiro-paraguaia, situadas as margens do Rio Paraná, também chamado de reservatório de águas ou lago da Usina Hidrelétrica binacional de Itaipu. Até o começo de 1980 aquelas pequenas cidades mantinham fracas interações transfronteiriças entre elas, mas a partir das duas últimas décadas do século XX, profundas mudanças na região tornariam as redes de interações mais densas e cotidianas.
more » ... e artigo objetiva analisar quais os fatores responsáveis pela emergência de redes de interações transfronteirças cotidianas entre Guaíra e Salto Del Guairá e identificar a tipologia de tais redes. A metodologia consistiu em leituras teóricas e trabalho de campo realizado nas cidades de Guaíra e Salto Del Guairá. O artigo foi organizado em duas partes: a primeira faz uma retrospectiva geo-histórica que permite compreender os fatores que contribuíram para a emergência de redes transfronteirças cotidianas; a segunda evidencia a tipologia das redes e os fatores que as determinaram. Para finalizar realizamos algumas considerações que permitem inferir que obras de infreaestruturas na região, como, a construção do reservatório de água da Itaipu e a construção da Ponte nacional Ayrton Sena ligando o Paraná ao Mato Grosso do Sul, foram, em parte, responsáveis pela cotidianidade das interações transfronteirças, mas a densidade e duração das mesmas depende fundamentalmente dos diferenciais cambiais e das assimetrias sócio-espaciais e especializações de serviços num e noutro lado da fronteira entre Brasil e o Paraguai.
doi:10.12957/geouerj.2021.45265 fatcat:p6t5ux6cwjfnxp5amcdr262dg4