Estratificação educacional no Brasil do século XXI

Arnaldo Mont'Alvão
2011 Dados: Revista de Ciências Sociais  
INTRODUÇÃO E stratificação educacional refere-se à relação entre as origens sociais e o alcance educacional dos estudantes. Quanto mais mobilidade social permite uma sociedade, mais aberta e possivelmente democrática ela é, e assim um sistema escolar é mais aberto ou democrático quanto menor for a correlação entre a origem social do aluno e seu desempenho durante o processo escolar (Silva, 2003). A importância da escola como mecanismo de mobilidade é destacada pela teoria da modernização
more » ... modernização (Parsons, 1970; Treiman, 1970) , que projeta a educação como principal mecanismo de equalização das oportunidades sociais, capaz de superar as velhas e rígidas estruturas de transmissão direta de status entre gerações. Visões menos otimistas sobre o papel da escola na sociedade também têm recebido destaque no campo de pesquisas educacionais. As principais são as teorias reprodutivistas (Bowles e Gintes, 1976; Bourdieu e Passeron, 1977) , que percebem a educação na sociedade moderna como um instrumento de reprodução e dominação social, usado pelas classes dominantes para transmitirem seu capital cultural e assegurar que seus filhos atinjam ao menos posições sociais semelhantes às suas.
doi:10.1590/s0011-52582011000200006 fatcat:q4jzpdqiandkzp76byygqkio5e