Análise auditiva do Quartetto per archi in due tempi (1955) de Bruno Maderna

Anna Rita Addessi
2012 Música em Perspectiva  
O presente estudo sobre quarteto de Maderna visa comparar a "macroforma" (a grande estrutura de uma peça musical) percebida por indivíduos por meio da audição da obra em tempo real, e as "macroformas" percebidas por analistas/especialistas da música. O estudo também analisa a correlação entre "macroforma" e percepção de tensão/relaxamento. Dois grupos de indivíduos tomaram parte no experimento: 25 não-músicos e 32 músicos. O experimento foi realizado em Bolonha e em Edimburgo. Foi utilizado um
more » ... . Foi utilizado um programa de computador especial, que permitiu que cada sujeito ao ouvir a obra através de fones de ouvido,indicasse os pontos de divisão percebidos de tensão/relaxamento, enquanto escuta em tempo real. O experimento durou cerca de 60 minutos e envolveu várias etapas e tarefas. Depois de uma escuta inicial, que serviu para a familiarização com a peça e com o programa de computador, os sujeitos tiveram de ouvir a peça novamente eidentificar suas seções principais. Eles, então, tiveram de indicar os critérios que usados na formulação de suas soluções. Na escuta seguinte, os participantes indicaram as maiores zonas de tensão e relaxamento percebidas. As macroformas percebidas pelos indivíduos foram comparadas com as 4 macroformas indicadas pelos especialistas em análise musical com base em processos auditivos e não em teorias analíticas. Os dados revelaram maior correlação entre as macroformas percebidas pelos sujeitos em apenas 2 macroformas indicadas pelos analistas, e também a correlação entre as macroformas e tensão/relaxamento percebidas pelos participantes. As diferenças entre os músicos e não músicos e dos grupos italianos e de Edimburgo não foram significativas.
doi:10.5380/mp.v5i1.30140 fatcat:qyqrsppjsjdaxeqgogqnst5gru