Emotional Intelligence [entry]

SpringerReference   unpublished
Objective: To assess attitudes and the influence of emotional intelligence is the objective of this work. Method: Nursing professionals answered a questionnaire that assessed the attitude towards suicide and emotional intelligence. Results: The results show a general adverse attitude towards suicidal behavior. The moral dimension of suicide makes the differences between mental health and emergency professionals. Conclusions: Possessing a higher degree of mental health training and a high level
more » ... g and a high level of emotional intelligence is associated with a more positive attitude towards patients with suicidal behavior. The formation and development of emotional skills are essential for care delivery to patients with suicidal behavior. Atitudes do profissional de enfermagem em relação ao comportamento suicida: influência da inteligência emocional Objetivo: avaliar a atitude e a influência da inteligência emocional é o objetivo deste trabalho. Método: profissionais de enfermagem responderam a um questionário para avaliar as atitudes suicidas e inteligência emocional. Resultados: os resultados mostram atitude geralmente desfavorável perante o comportamento suicida. A dimensão moral do suicídio faz a diferença entre profissionais de saúde mental e emergência. Conclusões: possuir maior grau de formação em saúde mental e alto nível de inteligência emocional associa-se a uma atitude mais positiva em relação ao paciente com comportamento suicida. A formação e o desenvolvimento de competências emocionais são essenciais para o cuidado dos pacientes com comportamento suicida. Descritores: Enfermagem Profissional; Saúde Mental; Emergências; Atitude; Inteligência Emocional; Tentativa de Suicídio. Actitudes del profesional de enfermería hacia el comportamiento suicida: influencia de la inteligencia emocional Objetivo: Evaluar la actitud y la influencia de la inteligencia emocional es el objetivo de este trabajo. Método: Profesionales de enfermería contestaron un cuestionario que evaluó la actitud hacia el suicidio e inteligencia emocional. Resultados: Los resultados muestran una actitud general desfavorable hacia el comportamiento suicida. La dimensión moral del suicidio marca las diferencias entre los profesionales de salud mental y urgencias. Conclusiones: Poseer un mayor grado de formación en salud mental y un alto nivel de inteligencia emocional se asocia a una actitud más positiva hacia el paciente con comportamiento suicida. Formación y desarrollo de habilidades emocionales son fundamentales para el cuidado de los pacientes con conducta suicida.
doi:10.1007/springerreference_184163 fatcat:tprnuzdfnrcdlfeliwrqekkat4