Analysis of Solid Urban Waste Management in the Rio de Janeiro State Municipalities and the Role of Landfills in the Environmental Impacts Decrease
Análise da Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos nos Municípios do Estado do Rio de Janeiro e o Papel dos Aterros Sanitários na Diminuição dos Impactos Ambientais

J. M. A. D. CONTRERA, F. S. ALMEIDA, A. C. SANTOS, T. A. G. ANDRADE
2018 Anuário do Instituto de Geociências  
Resumo Os resíduos sólidos urbanos (RSU) estão entre os mais importantes tipos de resíduos, em função do elevado volume produzido, principalmente nos grandes centros urbanos e dos impactos ambientais decorrentes da sua disposição final. O objetivo do trabalho foi estudar a gestão de resíduos sólidos urbanos no Estado do Rio de Janeiro através de dados obtidos de relatórios dos anos de 2010 a 2014 disponibilizados pela Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e do relatório síntese do Plano
more » ... ese do Plano Estadual de Resíduos Sólidos do Rio de Janeiro (PERS) de 2013. Foi analisada a disposição final dos resíduos sólidos urbanos por município e por região do Estado e a reciclagem de resíduos sólidos domiciliares urbanos. Foi constatada a diminuição de vazadouros (lixões) e aterros controlados e o aumento da utilização de aterros sanitários pelos municípios, no período de 2010 a 2014. A região do estado que possui a maior porcentagem de municípios que utilizam os aterros sanitários como o destino prioritário de seu lixo é a Região Serrana. Segundo os relatórios, na Região Noroeste Fluminense todos os municípios depositam seus resíduos sólidos urbanos integralmente em vazadouros. Mais de 60 % dos municípios não encaminham o lixo domiciliar urbano para a reciclagem e a porcentagem do lixo reciclado é muito pequena na maioria dos municípios. A diminuição dos lixões municipais provavelmente ocorre em função da tentativa de adequação dos municípios à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Todavia, parte dos municípios ainda não conseguiu se adequar à legislação. Abstract The urban solid wastes are among the most important types of waste, due to the high quantity produced and the environmental impacts as consequence. This work aimed to study the urban solid wastes management in the Rio de Janeiro state. The data used was acquired from reports from 2010 to 2014 provided by the Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) and based on the summary report from State Solid Waste Plan of Rio de Janeiro (PERS) launched in 2013. The final disposal of urban solid waste, per municipality and by state region, and the recycling of household solid waste were analysed. It was found the decreasing dumps number and controlled landfills and the increasing use of sanitary landfills for Rio de Janeiro municipalities in the period of 2010-2014. The region that has the highest percentage of municipalities that use sanitary landfills as the primary destination for trash is the Serrana Region. In the Fluminense Northwest region, all municipalities put their urban solid waste fully in dumps. More than 60 % of municipalities do not follow the urban household waste for recycling and the percentage of waste recycled is very small in most municipalities. The decrease in number of dumps probably occurs due to the attempt each municipality to fit in the National Policy on Solid Waste. However, most of them still failed to tailor the legislation.
doi:10.11137/2018_3_178_185 fatcat:lglcinhyxbh2faqropj3tacpby