Domesticação" e/ou "moralização do capitalismo" no governo Lula: inclusão social via mercado e via fundos de pensão

Maria Aparecida Chaves Jardim
2009 Dados: Revista de Ciências Sociais  
INTRODUÇÃO C om a posse de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, o governo do Partido dos Trabalhadores (PT) passou a realizar um conjunto de ações, algumas vezes simbólicas, outras efetivas, com o objetivo de tranquilizar o mercado financeiro quanto ao cumprimento de obrigações assumidas pelo governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O interesse em dialogar com o mercado financeiro, bem como "acalmá-lo", surgiu às vésperas das eleições presidenciais de 2002, durante a campanha
more » ... a campanha eleitoral do PT, quando esse partido buscou novos interlocutores e novas alianças, entre eles o mercado financeiro. Exemplo ilustrativo dessa aproximação é a Carta aos Brasileiros, na qual o então candidato Luiz Inácio Lula da Silva se comprometeu, diante da sociedade, a cumprir todas as obrigações assumidas pelo então presidente da República Fernando Henrique Cardoso, mantendo os contratos feitos com os mercados interno, externo e com o Fundo Monetário Internacional (FMI). A histórica visita de Lula à Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), em 5 de agosto de 2002, quando defendeu a popularização do mercado de capitais, também deve ser lembrada como marco desse processo. A ocasião foi denominada pela imprensa como a "Queda do Muro de Berlim".
doi:10.1590/s0011-52582009000100004 fatcat:ovooootbzvfcxa5rsohybtbysi