Sobrevida de pacientes com AIDS e coinfecção pelo bacilo da tuberculose nas regiões Sul e Sudeste do Brasil

Márcio Cristiano de Melo, Maria Rita Donalisio, Ricardo Carlos Cordeiro
2017 Ciência & Saúde Coletiva  
Resumo O presente estudo buscou analisar a sobrevida de pacientes com a coinfecção AIDS-Tuberculose por meio de um estudo de coorte retrospectivo de indivíduos com 13 anos ou mais e diagnóstico de AIDS notificados nos anos de 1998-99 e seguimento de 10 anos. Dos 2.091 casos de AIDS, 517 (24,7%) tinham diagnóstico positivo para tuberculose, sendo 379 (73,3%) masculinos. O risco entre os coinfectados foi 1,65 vezes os não coinfectados. As variáveis associadas à maior sobrevida foram: sexo
more » ... foram: sexo feminino (HR = 0,63), escolaridade ≥ oito anos (HR = 0,52), critério diagnóstico CD4 (HR = 0,64); e à menor sobrevida: faixa etária ≥ 60 anos (HR = 2,33), não uso de ARV (HR = 8,62), não investigação para hepatite B (HR = 2,44) e doenças oportunistas (≥ duas) (HR = 1,97). A sobrevivência acumulada foi de 71% nos não coinfectados e 62% nos coinfectados na região Sul e de 74% e 58%, respectivamente, na região Sudeste, 60 meses após o diagnóstico de AIDS. A AIDS e a Tuberculose exigem acompanhamento e adesão ao tratamento e são marcadores da atenção à saúde e da sobrevivência dos pacientes no Brasil.
doi:10.1590/1413-812320172211.26352015 pmid:29211183 fatcat:swep2oqffra7ncibo3375cgolu