Apresentação do Dossiê

Ceres Karam Brum, Marta Vilar Rosales
2019 Século XXI: Revista de Ciências Sociais  
Lugar de habitação e de abrigo, a casa, na contemporaneidade, vem desempenhando uma série de novos papéis que ultrapassam o universo privado de indivíduos e grupos, em cenários nacionais e transnacionais de deslocamentos. Ela acompanha as transformações cotidianas e estruturais da vida social e se reinventa ao sabor de novas exigências materiais e simbólicas.Dessa forma, se pensarmos no conjunto de estudos nas Ciências Sociais que remetem à casa, não estamos diante de tema inexplorado. Nesse
more » ... po de produção, na etnologia francesa são bem conhecidos os trabalhos de Claude Lévi-Strauss (1957), ao analisar a casa Bororo em Tristes trópicos, de Marcel Griaule (1966), que estuda a casa Dogon em Dieu d'eau: entretiens avec Ogotemmêli, de Pierre Bourdieu (1980), ao interpretar a Maison Kabyle em Les sens pratiquee François Ruegg (2011), que estudou as habitações camponesas em La maison paysanne: histoire d'un mythe.Neste campo do conhecimento, somados aos trabalhos na seara da Antropologia, também verificamos, em outros domínios das ciências sociais, igualmente uma tendência a criticar os estudos que seguem apenas uma perspectiva ergológica, (aqueles que restringem a casa aos aspectos como matéria-prima, forma, tamanho e técnica de produção de um artefato, sem analisar seus significados e funções na sociedade que os produziu). A busca de superação deste enfoque, tem gerado novas perspectivas de pesquisa em âmbito interdisciplinar tais como o trabalho do filósofo Michel Serres, Habiter, publicado em (2011) e Chez soi: une odyssée de l'espace domestique, da jornalista Mona Chollet (2015), na seara dos estudos culturais.Neste dossiê, apresentamos um conjunto de artigos que enfocam, a partir de diferentes perspectivas teórico-metodológicas das Ciências Sociais, estudos sobre habitações/casas em distintos contextos socioculturais. São contribuições significativas para o entendimento das casas porque revelam as particularidades do habitar, destacando as múltiplas configurações da casa/lar/abrigo/refúgio em relação às formas de habitar e suas representações, aos consumos domésticos, às memórias e trajetórias dos grupos e pessoas, ao pertencimento étnico e nacional, dos que habitam/ocupam as casas, entre outros.
doi:10.5902/2236672537522 fatcat:pzvwei4635ggrbygycaq2ruhri