Santa Casa de Misericórdia e as políticas higienistas em Belém do Pará no final do século XIX

Cybelle Salvador Miranda, Jane Felipe Beltrão, Márcio Couto Henrique, Brena Tavares Bessa
2015 História, Ciências, Saúde: Manguinhos  
O artigo analisa a relação entre as políticas higienistas que vigoraram na cidade de Belém ao final do século XIX e a expansão das atividades da Santa Casa de Misericórdia do Pará. Considerada uma das primeiras instituições hospitalares da então Província do Grão-Pará, a Irmandade, além de seu hospital próprio, administrou diversos outros estabelecimentos de saúde na capital. O estudo de seu deslocamento físico permite o "desenho" de três núcleos da Saúde em Belém: Pioneiro, de Expansão e da
more » ... de Expansão e da Santa Casa, que reforçam os vetores de crescimento da cidade. A expansão de suas atividades se configura como ampliação da Misericórdia para atender os desvalidos e enfermos, que precede a instauração de um sistema de saúde pública no Pará.
doi:10.1590/s0104-59702015005000006 pmid:26038860 fatcat:3o2ql52kknbwzme7nrxoew6yze