Mucormicose associada à COVID-19: análise com base em revisão sistemática da literatura

Juliana Maria Nascimento Silva, Carlos Augusto Almeida Correa
2022 Health Residencies Journal - HRJ  
Introdução: Com a pandemia da COVID-19 surgiu a associação de algumas doenças oportunistas como a mucormicose, uma infecção fúngica que acomete os sistemas rinocerebral e gástrico. Apesar da maior prevalência de casos na Índia, o Brasil também apresentou relatos de casos. O objetivo desta revisão foi trazer um levantamento atualizado dos casos descritos. Métodos: Trata-se de uma revisão integrativa, de estudos disponibilizados nas bases de dados Scielo, Pubmed e Medline. Resultados: A partir
more » ... estudos avaliados foram observadas características predominantes nos pacientes COVID-19 positivo associados à mucormicose: homens, diabéticos e hipertensos, em tratamento com corticosteroides. O possível mecanismo de associação nesses pacientes deve-se a hiperglicemia que aumenta a tempestade de citocinas, já presente devido a infecção por Sars-Cov-2, levando a destruição endotelial e comprometimento dos órgãos, além de alterações no metabolismo do íon ferro, resultando em alta taxa de mortalidade desses indivíduos. Conclusões: Considerando a complexidade desses pacientes, é importante o acompanhamento e monitoramento dos mesmo para melhor compreensão dos mecanismos e impactos dessa associação.
doi:10.51723/hrj.v3i15.417 fatcat:spx7fkyzffbafgkx27gkzn4iem