Rio Grande do Sul e Brasil na Historiografia do Trabalho (1930-1945)

Glaucia Vieira Ramos Konrad, Diorge Alceno Konrad
2013 Mundos do Trabalho  
Resumo: Um estudo mais aprofundado da historiografia sobre as décadas de 1930 e 1940 desvela um período de intenso jogo de continuidades e rupturas, nos quais muitas especificidades regionais representaram desdobramentos particulares do contexto nacional. Sobre o Estado Novo, grande parte da historiografia defende o controle absoluto da Ditadura, por não ter ocorrido contestações, reações e questionamentos da sociedade, em geral, e dos trabalhadores, em particular, revelando a condição
more » ... a condição heteronômica diante do Estado, seja pela propaganda política e ideológica, seja pela repressão da polícia política. Este artigo revisa parte da historiografia sobre o Rio Grande do Sul e sobre o Brasil pós-1930 e debate alguns dos temas mais incidentes sobre os mundos do trabalho. Palavras-Chaves: Mundos do Trabalho -Historiografia -Rio Grande do Sul -Brasil Abstract: Further study of the historiography on the decades 1930 and 1940s, reveals a period intense of the continuities game and ruptures, in which, many regional specificities accounted unfoldings particular of the national context. About the New State, great part of the historiography maintains absolute control of the dictatorship, not have occurred disputes, reactions and questions of society in general and workers in particular revealing the condition heteronomic before the State, either by political propaganda and ideological, either by repression of the political police. The article reviews part the historiography on the Rio Grande do Sul and the Brazil post-1930 and debate some of the themes more incidents about on the worlds of labor.
doi:10.5007/1984-9222.2013v5n10p91 fatcat:jn5fp7arazhzdcysqet7yc4lva