CARACTERIZAÇÃO DA ZONA DE CONVERGÊNCIA DO ATLÂNTICO SUL EM CAMPOS ATMOSFÉRICOS RECENTES

João Pedro Rodrigues Silva, Michelle Simões Reboita, Gustavo Carlos Juan Escobar
2019 Revista Brasileira de Climatologia  
Como a Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) é um dos principais sistemas meteorológicos causadores de chuva na região Sudeste do Brasil durante o verão, é de extrema importância conhecer suas características climatológicas, uma vez que essas podem ser utilizadas como indicadores de tal sistema em previsões de tempo. Portanto, o objetivo desse estudo é apresentar as diferenças da circulação atmosférica em eventos de ZCAS em relação à climatologia do verão usando dados recentes (2006 a
more » ... recentes (2006 a 2017) da reanálise ERA-Interim, que é considerada estado-da-arte. Além disso, o estudo apresenta uma análise dos eventos de ZCAS acoplados com sistemas de baixa pressão no oceano Atlântico Sul e identifica as fontes de umidades desses ciclones. O padrão atmosférico em episódios de ZCAS se distingue da climatologia do verão devido à circulação em altos níveis ao mostrar um cavado entre o Sul do Brasil e oceano Atlântico, que auxilia os movimentos ascendentes no ramo oceânico da ZCAS, e uma crista mais configurada sobre o Sudeste do país. Já com relação às variáveis associadas à umidade do ar, todas indicam um sinal de dipolo entre o Sudeste e o Sul do Brasil, isto é, em eventos de ZCAS predomina anomalias positivas no Sudeste e negativas no Sul. Cerca de 30% dos eventos de ZCAS ocorrem acoplados a um ciclone no oceano Atlântico Sul, fato que contribui para a manutenção da ZCAS. Esses ciclones têm como fonte de umidade a Amazônia e o setor tropical do oceano Atlântico Sul.
doi:10.5380/abclima.v25i0.64101 fatcat:ibgvt5cb65hprkhukp3tvbde7y