ANÁLISE DO MONITORAMENTO DO ÍNDICE MUNICIPAL DE ALERTA (IMA) NO ESTADO DO CEARÁ: AVANÇOS E DESAFIOS DOS MUNICÍPIOS NO PERÍODO DE 2004 A 2010

Cleyber Nascimento de Medeiros, Daniel Dantas Moreira Gomes, Emanuel Lindemberg Silva Albuquerque
2014 Revista Eletrônica em Gestão Educação e Tecnologia Ambiental  
² Professor Assistente do curso de Geografia, Universidade de Pernambuco, Garanhuns, Brasil. ³ Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, Brasil. Resumo O presente estudo visa realizar o monitoramento do Índice Municipal de Alerta (IMA) no período compreendido entre os anos de 2004 a 2010, objetivando colaborar para os avanços e desafios dos municípios frente às orientações preventivas sobre as adversidades climáticas no contexto do
more » ... ontexto do semiárido no Estado do Ceará, tendo como base de análise e reflexão o relatório publicado anualmente pelo IPECE. Verificou--se que os municípios de Independência, Madalena, Penaforte e Tauá sempre estiveram na classe de alta vulnerabilidade. Estes municípios possuem como característica principal possuírem baixos índices pluviométricos, sendo também vulneráveis no tocante à produção agrícola. Palavras-chave: Índice Municipal de Alerta, Adversidades Climáticas, Estado do Ceará. Abstract The present study aims at monitoring the Municipal Index Alert (IMA) in the period between the years 2004 to 2010, aiming to contribute to the progress and challenges municipalities face of adversity on preventive guidelines in the context of semi-arid climate in the State of Ceará, based on analysis and reflection report published annually by IPECE. It was found that the cities of Independência, Madalena, Penaforte e Tauá have always been in the class of high vulnerability. These municipalities have as main characteristic having low rainfall, is also vulnerable with respect to agricultural production.
doi:10.5902/2236117013585 fatcat:cc5c3mmyzzdfpbssynr5rjudpa