Juventude, Tecnologia e Escola: algumas aproximações

Dirce Djanira Pacheco E Zan Violar
2011 EccoS Revista Científica  
O objetivo deste texto é refletir acerca de possíveis impactos na relação dos jovens com a instituição escolar, em especial, com o saber valorizado e veiculado na escola a partir de sua inserção no universo das novas tecnologias. O processo de ensino-aprendizagem, segundo Charlot (2001) ocorre numa perspectiva relacional, ou seja, se dá numa relação entre o movimento interno do desejo por aprender, denominado pelo autor de mobilização do sujeito, e a demanda externa para esta aprendizagem,
more » ... aprendizagem, nomeada de motivação. Sendo assim, é possível afirmar que para a compreensão deste processo é necessário superarmos a separação, muitas vezes presente no discurso pedagógico, entre o sujeito-desejo e o sujeito social. Faz-se também necessário ampliar nossa compreensão do social que é tomado, a partir do referencial teórico de Charlot (2001), enquanto atividades e não apenas como um conjunto de posições, de classe, gênero ou etnia. Desta forma, podemos superar uma tendência clássica no pensamento pedagógico em atribuir a características ou traços individuais o interesse ou não pela aprendizagem, principalmente, pela aprendizagem escolar e ampliar o debate para uma compreensão social do fenômeno.
doi:10.5585/eccos.n2.2484 fatcat:l5oiyw7j5fcanohtsysede35em