"No canto do mundo do capital": sobre experiência, educação e arte

Lislaine Sirsi Cansi
2020 Revista Educação, Artes e Inclusão  
Este artigo apresenta uma discussão a partir de uma prática permeada pelo conceito de experiência e pela sensibilidade. Para isso, o conceito de experiência é revisitado em autores como Jorge Larrosa (2015), Walter Benjamin (1994) e John Dewey (2010; 2011) e a "educação (do) sensível" é fundamentada a partir da reflexão de João Francisco Duarte Júnior (2010), voltada aos campos da Educação e da Arte. A prática ocorreu em um shopping em busca de experiência, foi nomeada como "No canto do mundo
more » ... capital", narrada no segundo momento do texto. Como fechamento, um eixo de sistematização da experiência relacionado aos aspectos sociais se desdobra para o campo da Arte, especificamente relacionado a categorias de obras dos artistas Andy Warhol (1928 – 1987), Maryam Jafri (1972), Andreas Gursky (1955), Albrecht Dürer (1471 – 1528), David Hockney (1937), Jeff Wall (1946), Nam June Paik (1932 – 2006) e Bruce Nauman (1941), e possibilita pensar em Educação. Nessa discussão, será estabelecida à prática uma relação teórico-reflexiva que a aponte como "experiência".
doi:10.5965/1984317816012020034 fatcat:slf2bepfqrhwzmhs3cdun5obbm