ANÁLISE DO DESEMPENHO FUNCIONAL E PERFIL SÓCIODEMOGRÁFICO DE UMA POPULAÇÃO COM QUEIXA DE LOMBALGIA

Carolina Rodrigues Bortolatto, Mileide Cristina Stoco de Oliveira, Fernanda Mayra Fajalle, Elaine Aparecida Lozano da Silva
2016 Colloquium Vitae  
RESUMO O objetivo foi avaliar o desempenho funcional e caracterização de indivíduos com queixas de lombalgia de um grupo de exercícios terapêuticos de uma Estratégia de Saúde da Família (ESF). Foi realizado estudo transversal descritivo com 17 indivíduos, de idade média de 59 anos de ambos os sexos. O desempenho funcional foi avaliado pelo Questionário Roland Morris (RM) e a caracterização dos participantes foram a partir da coleta de dados sociodemográficos, antropométricos, localização da dor
more » ... localização da dor lombar, intensidade da dor pela Escala Visual Analógica (EVA). No perfil sociodemográfico a renda média foi de 1,64 salário. O índice de massa corporal variou de 22,39 a 38,91 Kg/m 2 . O escore do RM variou de 9 a 24 pontos de incapacidade funcional. Os resultados da EVA demonstraram que 41,2% dos indivíduos caracterizaram a dor lombar como intensa. Conclui-se que o comprometimento funcional dos indivíduos avaliados foi grave, causado pela presença de dores na coluna, principalmente, na região lombar. Palavras-chave: lombalgia, fisioterapia, questionário Roland Morris, ESF e SUS. ABSTRACT The objective was to evaluate the functional performance and characterization of individuals with low back pain complaints of a group therapeutic exercise a Family Health Strategy (FHS). A descriptive cross-sectional study carried out with a sample of 17 subjects, mean age of 59 years of both genders. Functional performance was assessed by the Roland Morris Questionnaire (RM) and the characterization of participants were from the collection of demographic data, anthropometric, location of low back pain, pain intensity by Visual Analog Scale (VAS). The sociodemographic profile the average income was 1.64 wages. Body mass index ranged from 22.39 the 38.91 kg/m2. The RM score ranged 9-24 points of disability. The results showed that the EVA 41.2% of individuals characterized as severe back pain. It is concluded that the functional impairment of the individuals was severe, caused by the presence of back pain, especially in the lower back.
doi:10.5747/cv.2016.v08.n2.v162 fatcat:m67rwt6vazfwjawbdhsmvmstwm