Os determinantes da produtividade: uma análise dos trabalhadores das capitais brasileiras em 2015

Tatiane Salete Mattei, Fernanda Mendes Bezerra
2020 Economia & Região  
O objetivo deste estudo é estimar se existe influência do estoque de capital humano e suas externalidades, da qualidade e acesso à educação, dos diferenciais compensatórios, da discriminação, da segmentação e das aglomerações sobre a produtividade dos trabalhadores das capitais dos estados brasileiros para o ano de 2015. Para atingir o objetivo foi estimada uma equação Minceriana de rendimentos Os resultados revelam que a educação dos trabalhadores, sua experiência adquirida e as externalidades
more » ... e as externalidades do capital humano atuam positivamente para a determinação da produtividade. O acesso à educação e a qualidade também apresentam influência positiva para a determinação dos salários dos trabalhadores. As aglomerações e os diferenciais do custo de vida influenciaram para a determinação da produtividade no modelo de forma contrária à teoria. Os sinais dos coeficientes inferem que os trabalhadores são compensados com salários maiores devido às amenidades locais, além disso, pôde-se verificar que existe um diferencial de salários pró homens e pró não negros, no modelo, e que a segmentação setorial dos trabalhadores apresentou impactos significativos na determinação dos salários.
doi:10.5433/2317-627x.2021v9n1p205 fatcat:2qsfabrpbnbl3dtpanp3a6wnbi