Universidade Estadual de Goiás Building the way-Revista do Curso de Letras-Campus Itapuranga O CONCEITO DE CONSCIÊNCIA HISTÓRICA E A SUA IMPORTÂNCIA NO ENSINO DE HISTÓRIA

Luciano Oliveira, Silva
unpublished
RESUMO: Essa comunicação tem por objetivo, demonstrar a importância da compreensão do conceito de consciência histórica no ensino de história, haja vista, que é possível observar em sala de aula, que os alunos possuem muita dificuldade em trabalhar com conceitos e categorias históricas. Portanto, o desafio é traçar possibilidades e estratégias de ensino para que os alunos se tornem capazes de compreender e relacionar esses conceitos, estabelecendo relações e conexões que o capacite para melhor
more » ... pacite para melhor compreender os conteúdos que lhes são apresentados. Para tanto utilizarei o conceito de consciência histórica como demonstração de possibilidades do uso dos conceitos e categorias históricas em sala de aula. PALAVRAS-CHAVE: Consciência histórica, ensino, história. ABSTRACT: This communication has for object, to demonstrate the importance of the understanding the notion of historical consciousness when teaching History as a subject, considering, that is possible to observe in the classroom, the fact that the students have difficulties when working with concepts of historic categories. Therefore, the challenge is to outline teaching possibilities and strategies so that the students can become capable to know and to relate these concepts, establishing links and connections that better support them with the thought of historical consciousness as a demonstration of possibilities to use the historical concepts and categories within the classroom. O presente trabalho tem por objetivo demonstrar a importância da compreensão, bem como da utilização do conceito de consciência histórica no ensino de história, assim como da inserção de questões que são intrínsecas ao conhecer historicamente, mas que, porém, são pouco ou quase nunca abordadas no ensino de história em sala de aula. Haja vista, que diante da quantidade de conteúdo, as diferentes adversidades, falta de formação, baixos salários e estrutura, dentre outras inúmeras situações vivenciadas pelos professores no ensino de história, suas abordagens são geralmente relegadas a "segundo plano" ou a um "quase esquecimento". Percebe-se assim, que a dinâmica do ensino de história, para alunos do ensino médio e fundamental em sua grande maioria, ainda está mais voltada para cumprir metas e conteúdos programáticos, advindos de políticas de ensino ligados a concepções tradicionais de
fatcat:5pey3bbe5fbtnpkj3cdwn2b4ke