A dicotomia fato-valor e seu colapso: um estudo a partir de Hilary Putnam

Carlos Roberto Bueno Ferreira (PUCRS)
2014 Intuitio  
Resumo: O presente artigo busca analisar a dicotomia entre fato e valor. A separação do que é meramente fático-objetivo do que é valorativo-subjetivo é resultado de uma progressão histórica fundada numa série de teorias que se opõe entre si, remontando ao embate entre Descartes e Hume (racionalismo e empirismo). Contudo, esta dicotomia é criticada por Hilary Putnam que defende a existência de um entrelaçamento de fatos e valores. Neste artigo buscar-se-á demonstrar o perigo de se defender o
more » ... l de uma ciência livre de valores éticos e sociais. Finalmente, para poder demonstrar de uma maneira mais tangível o entrelaçamento entre fato e valor, utilizar-se-á a crítica à teoria econômica clássica feita por Amartya Sen, que tenta levar em conta que a economia também é uma ciência humana que lida com fatores éticos complexos os quais não podem ser reduzidos simplesmente a números e estatísticas. Palavras-chave: Dicotomia fato-valor. Hilary Putnam. Entrelaçamento fato-valor. Amartya Sen. Abordagem das capacidades. Abstract: This paper analyzes the dichotomy between fact and value. The separation of the merely factual-objetive from what is evaluativesubjective is the result of a historical progression based on a number of theories that oppose each other, going back to the conflict between Descartes and Hume (rationalism and empiricism). However, this dichotomy is criticized by Hilary Putnam, who proposes the existence of an entanglement of facts and values. This article will seek to demonstrate the danger of defending the ideal of science free from ethical and social values. Finally, in order to demonstrate in a more tangible way the entanglement between fact and value, it will use the criticism to classical economic theory made by Amartya Sen, which tries to take into account that economy is also a science that deals with complex human ethical factors which can not be simply reduced to numbers and statistics.
doi:10.15448/1983-4012.2014.1.14803 fatcat:nvkv6emhbvhxlpocxlkxww6wxy