Grafias da voz: estudo sobre a oralidade nos registros municipais da São Paulo do século XIX (1820-1870) [thesis]

Thiago Pereira Majolo
RESUMO: Com esta análise, procuro investigar a presença da oralidade nos documentos municipais da cidade de São Paulo do século XIX (1820-1870), de modo a se enxergar a constituição e preservação de tradições orais na sociedade, e de que maneira os poderes advindos desses saberes populares conseguiam se verticalizar, entrando também nas esferas políticas. Para isso, trabalhei com conjuntos documentais camerários, tais como as Atas da Câmara, os Papéis Avulsos e os Maços de População, buscando
more » ... pulação, buscando neles os deslizes no estilo mais oficial do registro, nos quais a palavra falada, livre da censura, pudesse se manifestar. Esse detalhamento analítico de cada palavra, e da própria natureza do documento, juntamente com a investigação de seu conteúdo, busca expandir o escopo teórico-metodológico da historiografia que trabalha com grupos menos favorecidos e menos letrados, cujos conhecimentos, mais orais do que escritos, podem ficar escondidos atrás do estilo mais formal e burocrático dos documentos oficiais. A cidade de São Paulo da época, de reduzidas dimensões, além de ser objeto do estudo, também serviu de palco para se aprofundar as questões teóricas levantadas acerca das tradições oral e escrita. Para se trabalhar a aproximação entre essas duas culturas, foi preciso entender também os arranjos sociais da população entre as mais diferentes classes e grupos, contemplando seus desejos mais particulares e suas necessidades.
doi:10.11606/d.8.2009.tde-02122009-112247 fatcat:exw6vjzc3ng35isxrusghejnwe