À procura de um novo lirismo: Mário de Andrade

Masé Lemos
2010 Matraga  
O ensaio propõe redimensionar a questão do lirismo na poesia de Mário de Andrade, tratada como "psicológica" por nossos melhores críticos. A partir da Paulicéia desvairada e de seu prefácio, assim como de A escrava que não é Isaura, e relacionando- os com as leituras de Apollinaire e Dermée empreendidas por Mário, podemos perceber a problematização e o incômodo sentidos por nosso poeta modernista com a noção simplista de poesia lírica. Preocupado com uma dimensão ético-estética, Mário trabalha
more » ... ca, Mário trabalha algumas questões ainda importantes para a poesia contemporânea, como o conceito de lirismo crítico.
doaj:fd7eb56084db46008e4da08e9e3a6d66 fatcat:o7al7hpjoneh3lcnkhyqhufiii