Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose - REDE TB

Afranio Kritski, Antonio Ruffino-Nettoq, Anete Trajman, Tereza Cristina Scatena Villa, José Roberto Lapa E Silva, David J. Hadad, Ethel Leonor Maciel, Eduardo Netto, Clemax Sant'Anna, Betina Mendez Alcantara Gabardo, Andrea Maciel De Oliveira Rossoniq, Paulo Cesar Basta (+5 others)
2018
Apesar do significativo progresso da pesquisa científica relacionada à tuberculose (TB) e outras micobacterioses existentes no Brasil, no início do milénio, o país ainda experimentava uma frágil cooperação entre os diversos atores dessa área: indústria, universidades, institutos de pesquisa, sociedade civil, e serviços de saúde, incluindo o Programa Nacional de Controle da TB (PNCT). Em 2001, a REDE-TB foi criada como um grupo multidisciplinar de pesquisadores e estudantes brasileiros, tendo
more » ... asileiros, tendo como parceiros a sociedade civil e representantes dos serviços de saúde que trabalhavam com TB e HIV/Aids em todo o país. A REDE-TB ajudou a construir as pontes necessárias entre estes diferentes atores para promover a pesquisa e atividades educativas de forma integrada. Recentemente, a REDE-TB elaborou o Plano Nacional de Pesquisa em TB. Identificaram-se lacunas e prioridades para as plataformas de pesquisa e inovação focadas nas demandas nacionais. Estas plataformas terão como base a integração da pesquisa básica/clínica/translacional com o parque industrial com vistas a agilizar a disponibilização de novas tecnologias e novas estratégias de gestão para o sistema de saúde. Estas tecnologias serão avaliadas em pesquisas operacionais no âmbito do sistema de saúde vigente no país para analisar seu impacto do ponto de vista individual e coletivo.
doi:10.25761/anaisihmt.103 fatcat:42c6lqpcc5ba5gnljx7jkziqzu