Universidade Federal do Espírito Santo SEAGRO: ANAIS DA SEMANA ACADÊMICA DO CURSO DE AGRONOMIA DO CCAE/UFES EFEITO DA ADUBAÇÃO FOLIAR NOS TEORES DE NUTRIENTES EM GRÃOS DE FEIJÃO

Favoreto Feletti, Lidiane Dos, Santos Gomes Oliveira, Ramon Capucho, Leandro Dalvi
unpublished
Resumo-O feijão é um dos alimentos mais completos e importantes da dieta alimentar humana, sendo exigente em incremento de nutrientes durante o cultivo, seja por via solo ou adubação foliar. O experimento foi instalado no esquema fatorial duplo 2x4; sendo o fator 1: com e sem adubação; e o fator 2: quatro cultivares de feijão (BRS Pontal, BRS Agreste, BRS Ametista e BRS Estilo), num delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições, totalizando 40 unidades experimentais. Foi aplicado
more » ... tais. Foi aplicado 1,5 ml em 2 litros de água de Quimifol Ferro® (4% de Fe; 2,3% de S e 1 % de Zn) e 20 ml em 2 litros de água do produto comercial Stoller Zinco® (5% de N; 3,3% de S e 7% de Zn). Foi verificado que em relação as cultivares, não houve diferença significativa para potássio, nitrogênio e cálcio. Sendo ainda que a cultivar BRS Pontal apresentou maior ganho de magnésio nos grãos quando esta recebeu adubação foliar. Para o nutriente fósforo, as cultivares BRS Pontal e BRS Ametista apresentaram os maiores ganhos em ambiente com adubação. Palavras-chave: Phaseolus vulgaris L., potássio, fósforo, cálcio. Introdução Considerado um dos alimentos mais completos da dieta alimentar humana, o feijão, é fonte de proteínas, ferro, cálcio, zinco, vitaminas do complexo B, carboidratos, fibras e lisina. Ainda representa uma das alternativas de exploração agrícola em pequenas propriedades, sendo uma importante fonte de renda. O nitrogênio, fósforo, cálcio, potássio e o magnésio destacam-se dentre os nutrientes com respostas positivas na qualidade dos grãos, porém, não apenas o elemento em si, mas também a dose fornecida às plantas podem influenciar na qualidade dos mesmos (CARVALHO; NAKAGAWA, 2000). É possível o uso de práticas simples de manejo para aumentar os teores nutricionais na produção, denominada de biofortificação agronômica (MORAES et al., 2012), onde faz o uso da adubação via foliar para que haja o incremento de nutrientes na planta.
fatcat:5rnatge2jnhmtdnpiieex2assy